Como o corte a laser funciona e como o nitrogênio se encaixa nessa atividade?

29 de Junho de 2022

Conhecimento técnico: como funciona o corte a laser?

laser cutting machine rendering
No início da década de 1960, a tecnologia de corte a laser avançou até o ponto em que o mundo em geral e a fabricação, em particular, tomaram nota. Mais especificamente, eles o colocam no trabalho - em todos os lugares. O corte a laser tem as vantagens de velocidade, precisão, eficiência, economia e adaptabilidade. Apesar dos avanços tecnológicos, até agora não tem havido muito desafio para realizar esse trabalho. O laser proporciona um corte de qualidade superior em comparação com outros processos, o que inclui corte com punção, corte a plasma, corte abrasivo a jato de água, corte ultrassônico, corte de oxi-combustível, serra e fresamento. Então, como funciona o corte a laser? É o que vamos descobrir.

Tipos de corte a laser

As máquinas de corte a laser são amplamente usadas na fabricação de metal. Isso inclui as indústrias automotiva e de aviação, bem como aplicações metalúrgicas, de defesa, marítimas e de construção. O corte a laser é responsável pelo maior segmento do mercado de corte de metal, de acordo com estudos de mercado recentes. Na verdade, você verá o uso de máquinas de corte a laser em nossos próprios produtos: os painéis de canópia em geradores a gás Pneumatech são cortados a laser.

As principais tecnologias usadas em máquinas de corte a laser são lasers de fibra, lasers de carbono e lasers de disco e diodo. No passado, os lasers de CO2 eram dominantes. Hoje em dia, as outras tecnologias, como fibra e lasers de disco, são mais populares. Esses tipos de cortadores a laser têm várias vantagens: maior velocidade, menor consumo de energia, menos requisitos de manutenção e eliminação da necessidade de gases a laser complexos.

Como o corte a laser funciona?

A principal diferença entre os lasers de CO2 e os cortadores a laser de fibra está na forma como o feixe é gerado e guiado. No entanto, o funcionamento da cabeça de corte é o mesmo. O feixe de laser centra-se numa área específica da superfície metálica, que derrete como resultado do rápido aumento da temperatura. 

Ao mesmo tempo, a área é jateada com um gás auxiliar fornecido através de uma conexão de gás. A qualidade do corte a laser é afetada por muitos fatores, incluindo o gás auxiliar. Esse gás deve ser usado na taxa de fluxo, pressão, pureza e quantidade corretas. 

Nitrogênio, oxigênio, ar e nitrogênio/oxigênio misto são os gases auxiliares mais comuns usados no corte a laser de metal. A escolha do gás depende da finalidade. No entanto, o nitrogênio é, de longe, o mais popular para o corte a laser de metal quando é necessária uma aresta de corte de alta qualidade. O oxigênio é altamente reativo, o que significa que a aresta de corte criada com ele não é tão fina quanto a do nitrogênio. No entanto, à medida que aumenta a potência do feixe de laser, ele é preferido para cortar metais mais espessos, como aço muito espesso. Da mesma forma, o ar não cria uma aresta de corte fina. Por outro lado, é menos custoso e preferível para o corte a laser de metal que será submetido a um processamento posterior. Também é usado em materiais mais finos.

Agora que já abordamos "o funcionamento do corte a laser" , podemos responder às suas outras perguntas sobre corte a laser e nitrogênio? Se pretende iniciar a sua empresa de corte a laser ou intensificar as suas operações existentes, explore a gama de geradores de nitrogênio da Pneumatech ou entre em contato conosco hoje mesmo! 

Geradores de nitrogênio PSA Aplicação Corte a laser Geradores de nitrogênio por membrana

Geradores de Gases

A geração on-site de Nitrogênio pode ser realizada através das tecnologias PSA (adsorção por variação de pressão) e de membrana